Perda

 

ec34176e8a2ae657eb7c45d0b64f1ecd

“A vida é a perda lenta de tudo o que amamos.”

– Maurice Maeterlinck

 

Não fomos preparados para a perda. Na curva do vazio, o ego rejeita o mundo agarrando-se na imagem daquele que se foi. E sob forças inconscientes procuramos em novas pessoas por velhos beijos, velhos traços, velhas palavras. Mas que não estão mais aqui.

Pois na devastação deixada pelo rastro da perda, o ego vive por um instante de tempo na sombra do objeto perdido. Ora, se antes pensávamos no eleito amado, agora com sua ausência pensamos muito mais. Logo, sua ausência o torna ainda mais presente em nossa memória.

Sonhamos então com aquele que perdemos, e, andando pelas ruas da cidade, pensamos ter ouvido sua voz, ou até mesmo ter visto sua imagem no meio da multidão. Erramos o nome do amigo lhe chamando pelo nome daquele que se foi. Do ego cai a lágrima de uma história interrompida; de um gracejo não mais retribuído; de um sorriso agora invisível.

Somos seres compostos por outros. Outros amores; outros rostos; outros abraços que nos deixaram marcas. Nosso ego carrega marcas de imagens desaparecidas. Contornos que ele apalpa e não mais sente aquele que ocupava esse lugar.

Então, então descobrimos que ao lado do amor também repousa a dor, pois quando se ama não se sabe quanto tempo o Tempo tem para amar. Aliás, quanto tempo você tem para amar?

Mas se a perda imobiliza o ego, no relógio ela não pode tocar. O ponteiro funciona, e continua avisando aos números que é tempo de elaborar, tempo de pensar, tempo de se reorganizar. É laborioso, pois, reorganizar o espaço vazio deixado pelo eleito amado exige muita energia, e por esse motivo o ego se cansa em alguns momentos, preferindo repousar.

E conforme a saudade substitui a dor por nostalgia e o sofrimento se ofusca, um novo tempo o Tempo ganha. Ele passa. O ponteiro gira. As estações cumprem seus ciclos. E esse ego cansado agora adentra um novo Tempo,

Um Tempo de (se) levantar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s