“Nós nunca somos tão desamparadamente infelizes como quando perdemos um amor.” – Sigmund Freud

  “As palavras são o que existe de mais libertador, mas também de mais mortífero.” – Françoise Dolto 

“Carregamos na linguagem um laço feito do material do nosso Desejo e, inconscientemente, nos enlaçamos no (desejo do) outro.”  – Abner Esteves

“Estamos sempre em busca do objeto de amor ideal. Mas que ideal? Na constituição humana a insatisfação impera. Não há ideal que anule a falta.” – Abner Esteves